O Tempo cíclico e a história linear em Agostinho

5 de Fevereiro de 2018

O presente trabalho trata da questão sobre o tempo histórico em Agostinho. E o problema que perpassa essa monografia é a descoberta dos fundamentos da crítica de Agostinho ao tempo cíclico que é também chamado de eterno retorno, assim como a apresentação da visão linear cristã da história que Agostinho contrapôs às teorias cíclicas. Todas essas questões são apresentadas a partir do livro doze de sua obra principal, que é A Cidade de Deus. E para a melhor compreensão dos argumentos desse grande doutor da Igreja Católica contra as teorias cíclicas, na primeira parte desse trabalho, são apresentados os pressupostos do seu pensamento sobre a história, o tempo, a eternidade e a felicidade. Já na segunda parte, se exploram as teorias cíclicas em suas origens, características e consequências. Enquanto na terceira parte, a teoria linear é examinada em seus princípios, desenvolvimento e também nas suas diferenças com as teorias cíclicas. Nesse mesmo capítulo, são apontados também os principais fundamentos e argumentos de Agostinho contra o tempo cíclico. Por fim, o trabalho é finalizado com uma breve síntese dos anseios que levaram o homem a criar os mitos do eterno retorno.

Twitter
Instagram
Facebook