16/06/17 O papel do webwriting no mercado

16 de Maio de 2017

Fonte: Leia e Opine

Nos últimos dois sábados este blogueiro participou da oficina de Webwriting realizada pela Fapcom em seu campus na Vila Mariana. Liderada pelo professor Bruno Ferreira, a atividade foi dividida em duas partes.

O primeiro encontro teve como base a reflexão sobre temas relacionados à cultura digital e afins como: hibridismo, transmídia, cibercultura, público, viralização, hipermídia, entre outros e uma análise sobre o conteúdo que está sendo divulgado nas redes sociais.

Já o segundo encontro abordou as estratégias e linguagens mais apropriadas para serem usadas nas redes. O fato de conhecer o público foi apontado como primordial para qualquer desenvolvimento de trabalho na web. Pois, a boa comunicação só será possível com um público bem delimitado.

Para isso, é preciso entender o conceito de persona: ou seja, cabe ao administrador da página entender seu público como uma pessoa com um perfil detalhado que leve em consideração idade, ocupação, sexo e renda. É este perfil que guiará a estratégia de comunicação da empresa/negócio.

Outro ponto abordado foi a questão de que não se pode pensar apenas no conteúdo que é divulgado, mas é crucial atentar-se ao relacionamento com o público e verificar a disponibilidade do produto oferecido.

A criatividade é outro aspecto muito relevante quando o assunto é conteúdo na rede. No atual cenário das mídias sociais, apresentar um conteúdo com ressignificação pode auxiliar e muito na propagação da ideia. Vide o sucesso absoluto de memes.

É preciso ter consciência também que o webwriter é o responsável por todo o conteúdo digital e não somente os textos. Todo o contexto, desde imagens e vídeos faz parte da estratégia traçada inicialmente.

Quanto à linguagem é preciso que a abordagem seja semiformal ou até mesmo coloquial, afinal é em busca de um discurso leve que as pessoas acessam às redes sociais.

Cabe ao responsável pelo webwriting desenvolver um conteúdo que estabeleça uma relação com o público, afinal é este que consome o produto ou a informação oferecida.

A Fapcom oferece uma lista de cursos de extensão com valores de investimento acessíveis e conteúdos programáticos valorosos. Vale a pena conferir.

 

Twitter
Instagram

Flickr

Henry Carroll na FAPCOM

Facebook