8º Seminário de Filosofia e Comunicação

O 8º Seminário de Filosofia e Comunicação buscará, a partir do intercruzamento da filosofia e da comunicação, refletir acerca da relação entre democracia e espaço público na contemporaneidade.

Para submeter o seu trabalho, preencha o formulário com informações necessárias até o dia 22 de abril.

Os resumos serão avaliados pela Comissão Técnica, que comunicará os autores a respeito da aceitação até o dia 27 de abril.

Não é permitida a submissão de mais de um trabalho por autor.

 

O avanço das novas tecnologias, sobretudo as digitais, parecia prometer o ingresso das sociedades modernas em uma nova fase democrática, não apenas a representativa, mas muito mais próxima ao ideal democrático grego de democracia direta, graças as estruturas horizontais e em rede. No entanto, apesar da clara tomada de palavra de uma série de minorias historicamente marginalizadas, como a juventude negra, essas mesmas possibilidades técnicas, ao possibilitar a disseminação de Fake News e de agrupamentos de toda ordem, muitas vezes movidos pelo ódio, transformam o espaço público, corroendo certos fundamentos democráticos, como observado no Brasil, nos EUA e na Europa. Diante desse cenário complexo e contraditório, de avanços e retrocessos, é urgente refletir filosoficamente os fundamentos da democracia e sua relação com esse espaço público conectado.

 

Objetivos específicos:

  • Refletir sobre os dilemas e desafios da democracia em tempos de crise;
  • Explorar as relações entre espaço público e redes digitais;
  • Pontuar o papel da filosofia na construção da democracia brasileira;
  • Refletir acerca do papel da violência contra a juventude negra na construção democrática do pais;
  • Analisar a relação entre democratização da informação como fator da participação popular;
  • Refletir acerca da potencialidade da horizontalidade das redes na democracia.

 

8º Seminário de Filosofia e Comunicação

O 8º Seminário de Filosofia e Comunicação buscará, a partir do intercruzamento da filosofia e da comunicação, refletir acerca da relação entre democracia e espaço público na contemporaneidade.

Para submeter o seu trabalho, preencha o formulário com informações necessárias até o dia 22 de abril.

Os resumos serão avaliados pela Comissão Técnica, que comunicará os autores a respeito da aceitação até o dia 27 de abril.

Não é permitida a submissão de mais de um trabalho por autor.

 

O avanço das novas tecnologias, sobretudo as digitais, parecia prometer o ingresso das sociedades modernas em uma nova fase democrática, não apenas a representativa, mas muito mais próxima ao ideal democrático grego de democracia direta, graças as estruturas horizontais e em rede. No entanto, apesar da clara tomada de palavra de uma série de minorias historicamente marginalizadas, como a juventude negra, essas mesmas possibilidades técnicas, ao possibilitar a disseminação de Fake News e de agrupamentos de toda ordem, muitas vezes movidos pelo ódio, transformam o espaço público, corroendo certos fundamentos democráticos, como observado no Brasil, nos EUA e na Europa. Diante desse cenário complexo e contraditório, de avanços e retrocessos, é urgente refletir filosoficamente os fundamentos da democracia e sua relação com esse espaço público conectado.

Objetivos específicos:

  • Refletir sobre os dilemas e desafios da democracia em tempos de crise;
  • Explorar as relações entre espaço público e redes digitais;
  • Pontuar o papel da filosofia na construção da democracia brasileira;
  • Refletir acerca do papel da violência contra a juventude negra na construção democrática do pais;
  • Analisar a relação entre democratização da informação como fator da participação popular;
  • Refletir acerca da potencialidade da horizontalidade das redes na democracia.
Ir para o topo