Inscrições abertas para o 29º Curso Estado de Jornalismo

30 de junho de 2018

Curso Estado de Jornalismo: inscrições vão até dia 31


Estão abertas as inscrições para o 29º Curso Estado de Jornalismo, uma parceria entre o Estadão e a Universidade de Navarra. O programa é gratuito e ocorre de 10 de setembro a 7 de dezembro, com atividades práticas e teóricas, além experiência nas redações do Grupo em São Paulo. Podem participar recém-formados (2016 e 2017) e estudantes do último ano de jornalismo de todo o País. A seleção vai até 31 de julho, pelo link www.vagas.com.br/v1715921    

A primeira etapa é realizada online, no momento da inscrição. Para completar o processo, o candidato precisa incluir o currículo no site, justificar seu interesse no curso e realizar testes de conhecimentos gerais, português e inglês. Uma boa dica é escolher um lugar tranquilo para fazer a prova: uma vez iniciado, o teste não pode ser interrompido. A segunda fase, com até 90 selecionados, é presencial e será realizada dos dias 21 a 24 de agosto, na sede do Estadão. 

Os aprovados para a segunda etapa vão ter um dia de atividades no jornal. Na parte da manhã, fazem prova de conhecimentos gerais e português, e escrevem uma reportagem. No intervalo após o almoço, vão conhecer a redação e outras áreas do Grupo Estado. E, à tarde, participam de um processo de entrevista. 

Também conhecido como Curso de Focas – apelido dado a iniciantes na profissão -, o Curso Estado de Jornalismo é um dos mais tradicionais programas de treinamento do País. Mais de mil profissionais passaram pelo projeto e hoje trabalham no Grupo Estado e em outras redações no Brasil e no exterior.

O programa, que tem patrocínio da Philip Morris, inclui disciplinas teóricas de política, economia, filosofia, direito, ética e português, e módulos práticos com palestras e coletivas especiais. Além dessas atividades, os alunos passam por diversas áreas do Grupo Estado. O produto final do curso é uma reportagem especial multimídia, com tema escolhido pela turma, que publicada no portal do Estadão.

Twitter
Instagram
Facebook