Sarau do Capão marca presença no intervalo da FAPCOM e dá uma aula de poesia da periferia

7 de dezembro de 2017

O evento coloca em destaque a vida da jovem negra de periferia, dando consciência às diferenças raciais existentes em nossa sociedade atual


Na sexta-feira, dia 27 de outubro, a FAPCOM (Faculdade Paulus deComunicação) contou com a presença do grupo Sarau do Capão em um intervalo animado e diferente. O evento organizado pelas alunas Gabrielle Almeida, Jessica Santos e Larissa de Souza do 6° semestre de Relações Públicas noturno, para a disciplina de Eventos, sob a orientação do Coordenador do curso, Sergio Andreucci.

A ação proporcionou uma aula de consciência e cidadania por meio da poesia para todos os alunos da FAPCOM. 

O grupo composto pelas também estudantes Gabriela Nascimento, Tawane Theodoro e Jessica Campos nasceu em janeiro deste ano na Fábrica de Culturas do bairro Capão Redondo, um dos mais violentos de São Paulo. A ideia surgiu com o propósito de propiciar poesia e arte aos moradores do bairro, e se apresentou na FAPCOM nesse intervalo com poesias que retratam a vida dos jovens e mulheres de periferia.

O Sarau se apresenta uma vez por mês na Fábrica de Culturas do bairro Capão Redondo, com entrada gratuita e acesso livre para pessoas das mais diversas classes e regiões. A agenda e o trabalho do grupo pode ser acompanhado através da Fanpage no Facebook, em que é possível realizar contato com as integrantes e ver vídeos e fotos dos eventos já realizados.

 

Sobre o Sarau do Capão®:
O Sarau do Capão surgiu em janeiro de 2017 e desde então encanta por onde passa. O gurpo é composto por 3 jovens Gabriela Nascimento, Tawane Theodoro e Jessica Campos.

Twitter
Instagram

Flickr

Henry Carroll na FAPCOM

Facebook