Projeto artístico esconde mais de 1.400 pen drives ao redor do mundo

17 de Março de 2015

Por Daniela Guimarães


Um projeto artístico criado pelo alemão Aram Bart vem brincando com a curiosidade de várias pessoas em todo o mundo. Cerca de 1.400 pen drives estão espalhados mundo afora (inclusive no Brasil) para que estranhos possam compartilhar arquivos entre si.

O projeto, que é conhecido como Dead Drops, tem como objetivo a interação entre as pessoas por meio do compartilhamento de arquivos. Os pen drives ficam escondidos em paredes, canos, cadeados, calçadas, caixas de luz, entre outros, livres para o acesso de qualquer pessoa.

A ideia é que as pessoas pluguem seus notebooks em um dos pen drives espalhados e deixem algo que gostem na memória: desenhos, fotos, músicas, textos, vídeos, ou qualquer coisa que possa inspirar o próximo curioso que passar por ali, como mostra o vídeo abaixo:

drops

No site, é possível ver uma lista com a relação de todos os pen drives já instalados, sua capacidade e localização exata no mapa com dicas de onde exatamente encontrá-los. A soma do armazenamento de todos os pen drives já envolvidos no projeto resulta em quase 9 terabytes de capacidade.  Se você quiser participar para aumentar um pouco mais esse número acesse o site oficial do projeto, conheça o regulamento, e inscreva-se no campo “faça seu próprio Dead Drop”.

dd-eye3

Twitter
Instagram

Flickr

Henry Carroll na FAPCOM

Facebook