O futuro incerto da Sony no mercado de games com o PS4

3 de setembro de 2014

PlayStation_4 - Copia

O novo console de videogame da Sony, o Play Station 4, ficou em evidência no Brasil e no mundo. Logo em seu lançamento no mercado brasileiro, ele foi anunciado a um preço de R$ 4.000,00, e causou uma enorme comoção entre seus consumidores, fazendo com que muitos abandonassem a marca. Porém, no exterior a história é diferente. O PS4 foi anunciado por 100 dólares a menos que seu principal concorrente, o Xbox One da Microsoft, e vendeu muito. Muito além das expectativas da empresa.

Esse cenário seria perfeito para a maioria das empresas, mas, para a Sony, isso é preocupante. A própria organização admitiu que não entende o sucesso de seu console.

Não saber o sucesso de um produto dificulta a forma como ele pode ser trabalhado e melhorado, para manter o elevado ritmo de vendas. Diferente da abordagem da Microsoft com o Xbox One, por exemplo, que fez uma péssima apresentação de seu produto, ouviu as críticas do mercado e o reformulou para atender às demandas e hoje é o principal console no Brasil da “next-gen”, a oitava geração de consoles de videogame.

O grande medo da Sony, com uma marca de 10 milhões de PS4’s vendidos em menos de um ano após o lançamento, é esgotar o público “core gamer”, que são os mais frequentes compradores de jogos eletrônicos. Se esse público não tiver mais interesse em comprar um PS4, a empresa perderá espaço em longo prazo, ficando sem mercado no futuro. Uma atitude a ser tomada é a realização de uma pesquisa para entender o que está acontecendo e contornar esse ou outros possíveis problemas.

Twitter
Instagram

Flickr

Henry Carroll na FAPCOM

Facebook