A internet a serviço das pessoas

13 de novembro de 2014

social_21 - Blog

No dia 24/07/2014, foi expedida uma liminar pela 21ª Vara Federal da Seção Judiciária do Distrito Federal, que desobrigava operadoras de TV paga, telefonia e Internet de cumprir diversas determinações que favoreciam o consumidor. A liminar foi rapidamente suspensa duas semanas depois.

São para casos como esse que pessoas e até o Governo estão criando serviços online – para ajudar a fiscalizar e reclamar de organizações públicas e privadas. Um novo portal criado foi o Portal Consumidor.Gov.br. Lá, você pode fazer qualquer reclamação, sobre produtos e serviços, de uma forma rápida, simples e fácil. Até agora foram mais de 23 mil reclamações, em menos de um ano de existência do serviço. No índice “satisfação com a resposta”, apenas uma empresa de telecomunicações consegue notas superiores a 4, numa escala que vai de 1 a 5. A espera por uma resposta chega a oito dias. Para mais detalhes, clique aqui.

Além das iniciativas do governo, existem outros serviços online que surgem em momentos de crise. Dois deles, o “Choveu na Cantareira?” e o “De onde vem a água?”, foram criados por conta da escassez de água dos reservatórios no estado de São Paulo. O primeiro destaca apenas uma palavra ao entrar no site: “Sim” ou “Não” para informar se choveu no sistema Cantareira. Além disso, o site oferece mais detalhes sobre a situação na região. Já o segundo pergunta seu CEP assim que você o abre e, ao respondê-lo, as informações sobre o sistema aparecem na tela, além do risco de “ameaça do nível da água”.

Conhece mais algum site de apoio às pessoas? Compartilhe nos comentários abaixo!

Twitter
Instagram
Facebook