A crise no jornalismo e o papel do profissional de Relações Públicas na era digital

21 de agosto de 2013

IMG_3603-copy

No segundo dia do VI Simpósio de Comunicação FAPCOM, os professores Sérgio Rizzo e Flávio Schmidt abordaram questões-chave para o jornalismo atual e os desafios do profissional de relações públicas na era digital.

Com a palestra: “Jornalismo: teoria e prática em tempos de transformação”, o jornalista e professor Sérgio Rizzo abordou, entre outros aspectos, a crise no mercado da comunicação. “Todos os meios de comunicação estão lutando contra os ‘ladrões de tempo’ que se manifestam por meio de aparelhos que até há pouco não existiam”.

O professor comentou, ainda, sobre a compra do jornal The Washington Post por Jeff Bezos, CEO da Amazon.com e defendeu que essa compra teve, como lado positivo, manter o jornal vivo. Rizzo ainda lembrou que “Bezos não comprou o Washington Post pensando no lucro que o jornal oferece, mas talvez com o objetivo de reinventar o jornalismo”.

Rizzo falou também, sobre os fechamentos de jornais,  como o Jornal da Tarde e publicações da Editora Abril, alertando para a necessidade de reinventar os cursos de jornalismo. “Precisamos, portanto, levar em conta a crise dos modelos de cursos de jornalismo no Brasil, que devem atender a duas missões: proporcionar a formação humanística e o qualificação técnica” alertou o jornalista, que concluiu dizendo que nenhuma dessas duas missões é cumprida satisfatoriamente atualmente.

Em sequência, o professor Flávio Schmidt abordou “os desafios das Relações Públicas na era digital”, abrindo a discussão com uma comparação entre a construção da imagem de uma empresa hoje e na década de 80. “Com a velocidade que temos entre uma ação e outra, o tempo vai ficando cada vez mais curto”, alerta o professor.

Schmidt falou, ainda, sobre o papel do profissional de Relações Públicas e como este deve administrar a imagem de uma empresa ou marca nas redes sociais, destacando o fato de que elas ainda têm medo de se posicionar nas redes devido à alta exposição. “As áreas institucionais ainda não utilizam as redes sociais como deviam. Relações Públicas é a atividade adequada para isso”.

IMG_3756

 Da esquerda para direita: Pe. Iraildo A. Brito, Profº Rovilson Britto, Pe. Valdir José de Castro, Profº Sérgio Rizzo, Profº Flávio Schmidt e Profº Paulo Régis.

O VI Simpósio de Comunicação acontece até dia 23 de agosto, das 19h30 às 22h, com os temas: “Publicidade e Propaganda: Novas tendências e estratégias na cultura”, com o professor Eduardo Martinoli e “Rádio, TV e Internet: Produção transmídia e novos modos de pensar a cultura”, com a professora Letícia Passos Afiini.

Acesse o link  para mais informações.

As inscrições podem ser feitas pessoalmente, no dia da palestra.

Twitter
Instagram

Flickr

Henry Carroll na FAPCOM

Facebook