Excelência acadêmica, Ética e Saúde: três parâmetros para um engajamento profissional construtivo e próspero

15 de agosto de 2014

Profa. Dra. Cleusa Sakamoto 
Projeto de Apoio Psicopedagógico ao Discente da FAPCOM

redator

Estamos no Século XXI, o que significa dizer que vivemos uma era transformada pela economia global e a comunicação digital, que impõe novos modelos ao ser e ao fazer humanos e estimulam àqueles que desejam acompanhar as tendências atuais realizarem uma reflexão sobre as próprias potencialidades e a necessidade de desenvolver ao máximo suas capacidades.

Nunca houve na História Humana um momento como este, em que o ser humano se reconhecesse como alguém dotado de inúmeras capacidades, visto que nos dias atuais não basta aprimorar-se em uma especialidade, mas é inquestionável além desta conquista a existência de habilidade nas relações interpessoais e competências comunicacionais.

O mundo do trabalho hoje busca profissionais preparados e engajados na realidade do mercado, atualizados com os avanços científicos e tecnológicos, capazes de oferecer contribuições diferenciadas. Esta dimensão do real exige, portanto, a formação de profissionais cada vez mais conscientes e bem equipados, egressos das instituições de ensino técnico e ensino superior que cumprem com suas missões educacionais.

A média de aproveitamento do ensino exigida ao aluno durante sua graduação é um dos parâmetros que sinaliza a postura institucional que prima pela excelência acadêmica que se deseja atingir. A FAPCOM com sua média 8,0 traduz esta meta: deseja que seus alunos sejam mais que qualificados, que sejam muito bem qualificados frente o mercado de trabalho. A Faculdade Paulus de Tecnologia e Comunicação tem se empenhado em estabelecer esta marca de seu ensino e seus alunos, cada dia mais, se mostram engajados neste propósito.

O profissionalismo excelente, no entanto, não se constrói sem uma visão ética que norteia princípios humanos e a diretriz do bem comum. O parâmetro ético é um divisor de águas que separa o bom profissional do profissional excelente, que vê e cumpre a necessidade de trabalhar visando o bem maior de sua realização pessoal que tem alcance social.

Atualmente, a complexidade da sociedade e suas demandas impingem também aos profissionais, enormes cargas de desgaste físico e emocional oriundos de várias fontes: trânsito, longas jornadas de trabalho, conflitos interpessoais, competitividade acirrada entre empresas, estresse etc. É fundamental que profissionais engajados em seus projetos de trabalho se preocupem com sua saúde física e psicológica. É importante lembrar que cada profissional necessita cuidar da esfera pessoal de suas necessidades e limites e deve prezar e manter a saúde para sua plena produtividade.

Excelência acadêmica, ética e saúde devem ser três parâmetros centrais que norteiam as preocupações dos alunos da FAPCOM, pois sem dúvida constituem pilares para uma realização satisfatória que traduzirá um engajamento produtivo à sociedade como agentes de transformação social.

O Projeto de Apoio Psicopedagógico ao Discente da FAPCOM tem como objetivo auxiliar a formação profissional contribuindo com o alcance da melhor profissionalização de seus alunos. A excelência da formação profissional começa com o engajamento concreto do estudante nesta iniciativa!

Twitter
Instagram

Flickr

Henry Carroll na FAPCOM

Facebook