Pixels, o filme amado por uns e odiado por outros

21 de setembro de 2015

Por Yasmim Aguiar


5-Pixels_Columbia

Pixels diverge muito de opiniões, uns gostaram, outros odiaram, mas a questão é que, das várias críticas que li antes de ver o filme, eu discordo de todas. O problema de o filme ter recebido tantas críticas negativas, é que, as pessoas estavam esperando bem mais do que viram – no meu caso, como já conheço o humor do Adam Sandler e de seus filmes, sabia que não seria nada a não ser mais do mesmo: piadas clichês e personagens com os mesmos estereótipos dos outros filmes do Sandler.

No filme, a Terra é atacada por alienígenas que receberam uma mensagem da NASA, enviada em 1982 ao espaço visando encontrar alguma forma de vida, e na mensagem continham retratos da nossa sociedade e costumes, incluindo a febre dos arcades na época. Ao ver mensagem os alienígenas entendem a mensagem como uma declaração de guerra e tomam a forma de jogos de arcade para atacar o planeta. Temos assim o estopim para um grande desafio de games entre humanos e alienígenas.

A partir daí, Sam Brenner (Adam Sandler) e seus amigos têm em suas mãos a missão de salvar a Terra, pois eram os melhores jogadores da época e os únicos capazes de derrotar os alienígenas, já que os militares não possuem nenhum conhecimento sobre os jogos.

centiped_pixels_o_filme_a_casa_do_cogumelo

Apesar de ter uma premissa bem simples, o filme aposta no saudosismo de toda uma geração, reúne personagens nostálgicos de games dos anos 80, como Pacman, Donkey Kong, Centipede, Galaga, Frogger, Q*bert e Space Invaders, além de também apostar na sensação universal de jogar videogames. O roteiro, relembra um pouco a velha máxima política de que nada como uma guerra para alavancar a aprovação de um presidente que antes era considerado ruim e pouco inteligente, relembrando passagens do governo George W. Bush.

Com direção de Chris Columbus, o mesmo de Harry Potter e a Pedra Filosofal (2001) e Percy Jackson e o Ladrão de Raios (2010), o filme foi baseado no curta-metragem homônimo dirigido por Patrick Jean, em 2010. O elenco conta com Adam Sandler, Kevin James, Michelle Monaghan, Peter Dinklage, Josh Gad, Dan Aykroyd e Sean Bean.

83441--pixels-620x0-1

Finalmente, do meu ponto de vista sobre o filme, eu gostei! É bem bacana, divertido e faz com que a gente sinta aquela saudade dos jogos de arcade, saí do cinema querendo jogar Pacman. Os efeitos são legais, ri bastante das piadas e as referências dos jogos que aparecem no filme são muitas. Para quem quer assistir algo divertido, tirar o estresse e distrair a cabeça: super recomendo!

Twitter
Instagram

Flickr

Henry Carroll na FAPCOM

Facebook