AzMina – jornalismo para combater os diversos tipos de violência que atingem mulheres brasileiras

11 de outubro de 2018

por Fernanda Iarossi


Os alunos de Jornalismo da FAPCOM irão entrevistar uma das fundadoras da Revista AzMina, a jornalista Carolina Oms, que foi repórter no Valor Econômico, Folha de S.Paulo e IstoÉ Dinheiro. Deixou Brasília, onde trabalhou por quatro anos com política e economia, para se dedicar à Revista AzMina e ser repórter em Nova Délhi, na Índia. De volta a São Paulo, é diretora de redação d’AzMina, responsável pela produção e edição de reportagens e redes sociais, mas também pela administração e relacionamento com o público. 

Jornalista Carolina Oms

Como é cuidar de uma instituição sem fins lucrativos? Realizar consultorias, palestras e debates para aprofundar a discussão sobre os direitos da mulher? Liderar campanhas de conscientização nas redes sociais como a #CarnavalSemAssédio e #MamiloLivre? Fazer a Revista AzMina, publicação online e gratuita para mulheres de A a Z. com jornalismo investigativo acessível?  

O bate-papo faz parte da disciplina Empreendedorismo no Jornalismo, com o objetivo de discutir projetos empreendedores liderados por jornalistas, as rotinas produtivas dentro de redações/equipes ou como freelancers ou em projetos independentes/alternativos, com orientação da profa. Fernanda Iarossi.

A entrevista pode ser acompanhada por estudantes de outros semestres e cursos diretamente do Estúdio de TV da FAPCOM.


Serviço: 

Bate-papo AzMina – jornalismo para combater os diversos tipos de violência que atingem mulheres brasileiras

Data: 18 de outubro

Horário: 8h

Local: Estúdio de TV (andar -2) 

Twitter
Instagram
Facebook