Deu ruim! Gerenciamento de crise: Skol

13 de Fevereiro de 2015

Por Lais Rodrigues


Mila Alves e Pri Ferrari

Mila Alves (Jornalista) e Pri Ferrari (Publicitária)

Recentemente, a marca de cervejas Skol espalhou pelas ruas de São Paulo algumas peças intituladas como “Topo antes de saber a pergunta” e “Esqueci o “não” em casa”, sendo muito mal vista por inúmeras pessoas e profissionais de comunicação.

O motivo da repercussão negativa deu-se ao fato da campanha ser lançada às vésperas das festas carnavalescas em que ocorrem altos níveis de estupro; o desrespeito ao “não” das mulheres sobre beijo forçado, ausência de preservativos, entre outros motivos.

Com uma resposta ágil, a marca se posicionou admitindo o equívoco nas mensagens divulgadas e se prontificou a alterá-las por frases claras e positivas, remetendo ao real sentido da campanha “Viva Redondo”.

“Toda empresa erra. O que diferencia uma boa empresa de uma empresa medíocre é como ela lida com o erro”.

 Comunicado Skol:

Comunicado SkolConheça mais: a campanha foi estreada com o comercial que acompanhava as reações de um rapaz ao receber convites inusitados.

Twitter
Instagram

Flickr

Henry Carroll na FAPCOM

Facebook