Conheça um restaurante peculiar: ele só vende hot-dogs gourmet

17 de setembro de 2014

restaurant_01 - Copia

 

O título desse post tem origem nesta matéria do site Hypeness sobre um restaurante chamado “Go Dog”, que vende apenas “Hot-Dogs Gourmet”. Mas o que é um “Mercado Gourmet”? No texto de hoje, falaremos sobre um dos mercados mais procurados pelas empresas, como abordagem de nicho.

Esse posicionamento tem sido explorado por empresas de diferentes áreas, como uma forma de se reposicionar em relação aos seus concorrentes por conta da disputa por espaço ser tão acirrada. Por serem “Gourmet”, os restaurantes se posicionam como “Premium”, o que serve como justificativa para muitos chavões típicos da cidade de São Paulo, como os altos preços.

Apesar de ser muito explorado, esse mercado ainda pode ser considerado um nicho, por conta da proporção de pessoas que existem fora desse grupo, necessitando de um enfoque correto.

Muitos restaurantes “Gourmet” ainda têm dificuldade com o relacionamento. Esse aspecto pode ser bem trabalhado, por meio dos representantes da empresa, de garçons a gerentes, gerando um carinho especial pela sua marca ou empresa para resultar na fidelização de clientes. Outro detalhe que serve como um diferencial para uma empresa que atua em nicho é a baixa burocracia entre as decisões da alta gerência e os insights de quem está mais próximo do consumidor. Por mais que seja uma rede “Premium”, é muito mais fácil um restaurante “Gourmet” tomar uma decisão estratégica por não existir muitos níveis hierárquicos dentro da empresa.

Detalhes como esse deixam de ser trabalhados por conta de uma má administração ou pouco conhecimento no formato de negócios. É preciso ser crítico em relação ao mercado “Gourmet”, pois nem sempre esse mercado é tratado como deve.

Twitter
Instagram

Flickr

Henry Carroll na FAPCOM

Facebook