Conheça a história em quadrinhos que mudou uma lei de trânsito em Porto Rico

17 de maio de 2016

Jefferson Vidal

Primera Hora

Porto Rico atualmente é um dos locais com maior taxa de acidentes de trânsitos ocasionados por motoristas que utilizam o celular enquanto dirigem. A Comissão de Segurança de Trânsito estipula que ocorrem aproximadamente 50 mil acidentes todo ano na ilha devido ao uso do celular por motoristas.

Tentando trazer visibilidade para o tema a agência McCann desenvolveu um case inovador utilizando Pepito, um personagem conhecido das tirinhas do jornal Primera Hora, em Porto Rico. A tirinha começa com Pepito escrevendo uma carta à Câmara de Representantes, pedindo leis mais rígidas contra motoristas que dirigem utilizando o celular. Após escrever a carta, Pepito se dirige à Câmara para entregá-la, mas é atropelado justamente por um motorista ao celular e acaba por ficar em coma, não levando a carta ao seu destino final.

carta

A grande sacada da tirinha é que, na semana seguinte, a carta que Pepito escreveu foi publicada na integra pelo Primera Hora e nela continham dicas de como os próprios leitores poderiam fazer o envio de sua carta e concluir a missão do personagem. O resultado da campanha foi extremamente positivo, a população realmente enviou cartas à Câmara de Representantes, solicitando alterações na lei.

Em votação foi aprovado a mudança do valor da multa de 50 dólares para 250, sendo que 10% do valor arrecadado com as multas será reaproveitando na elaboração de novas campanhas com o mesmo escopo.

Confira o vídeo da campanha: 

Twitter
Instagram

Flickr

Henry Carroll na FAPCOM

Facebook