Conheça e se inspire com o brasileiro Mike Krieger, um dos criadores do Instagram

22 de outubro de 2014

mike-krieger-5 - Copia

Neste mês o Instagram completou 4 anos de existência e não podemos esquecer que o aplicativo de imagens tem um brasileiro como um de seus fundadores: Michel (Mike) Krieger, com uma longa história pra contar.

Mike passou a morar nos Estados Unidos em 2004 aos 18 anos, para estudar na Universidade de Stanford. “Foi lá que fiz minha graduação e pós-graduação, ambas num curso chamado Symbolic Systems, que é uma combinação de Ciência de Computação e de Design”, diz Krieger. Mas seu sucesso tem uma origem precoce. Quando era mais novo, acessava o código-fonte de jogos para modificá-los e desde os seis anos, já tinha contato com programação e criação de software.

Outra característica é que Mike sempre teve o espírito empreendedor e esteve envolvido com diversos projetos de startups. Ele trabalhou, por exemplo, na Meebo com componentes para sites, como o Meebo Bar, e no XMarks na criação de uma ferramenta de busca, ambas startups californianas.

Ele começou a conceber o aplicativo de fotos por volta de maio de 2010, em parceria com Kevin Systrom, e em abriu de 2012, o Facebook, empresa de Mark Zuckerberg, comprou o Instagram por mais de 1 bilhão de dólares e incorporou o serviço e seus 13 funcionários na época.

Para ele, a Califórnia é um dos lugares mais inovadores do mundo, e a atmosfera do ambiente foi de grande influência na criação do app. “Aqui, a cultura tem bastante ênfase na experimentação. Mesmo que a ideia seja arriscada ou que os fundadores não tenham muita experiência prévia, ainda existem recursos para criar uma empresa nova”, afirma.

Twitter
Instagram

Flickr

Henry Carroll na FAPCOM

Facebook