Music Branding: Como as marcas usam a música para reforçar posicionamento.

10 de janeiro de 2015

mbrand

 

Pode ser quase imperceptível para o consumidor que está atrás apenas de encontrar algum produto; mas um dos grandes fatores que influenciam seu comportamento dentro de uma loja é a música.

Conhecida como “music branding”, esta se tornou uma poderosa ferramenta de posicionamento de marca. Tocando em seu ambiente músicas que “contam histórias” ou combinam melodicamente com a imagem da marca, a empresa responsável pela loja tenta ser representada e ser identificada pela clientela de uma forma extremamente discreta e até inconsciente.

O “music branding” é uma ferramenta que tem efetividade comprovada e, mesmo que não seja claramente perceptível, é tendência na maioria dos ambientes de consumo. Inclusive, segundo especialistas, a música adequada dentro de uma loja pode elevar em até 38% a permanência do cliente no ambiente.

É importante pensar bastante para trabalhar com músicas que realmente reflitam sonoramente a imagem da marca e assim realmente reforçar seu posicionamento. Por exemplo, utilizar estilos como Jazz e Bossa Nova para clientes consumirem produtos mais refinados e afins.

A música ambiente deve tentar prover emoção, se relacionando com o cliente de forma mais agradável e chamativa, gerando aumento nas vendas, satisfação dos clientes e maior grau de percepção do valor da marca.

Twitter
Instagram

Flickr

Henry Carroll na FAPCOM

Facebook