Como as empresas devem se portar nas Redes Sociais

27 de novembro de 2014

avatar

As redes sociais não são mais novidade, elas vieram para ficar e hoje já possuem um papel importante nas estratégias de comunicação das principais empresas. Muito ainda se fala de como a marca deve se portar nesses meios e o que deve extrair de informação desses canais.

De cada dez brasileiros com acesso a internet oito já estão conectados no Facebook, a maior rede social do Brasil. Estar no meio em que o consumidor está presente é uma obrigação para a empresa, mas de fato é necessário ter uma estratégia. O comportamento das marcas em redes sociais não deve ser pensado somente em vendas, ou como uma exposição de vitrine de produtos. Mas, como um local para dialogar, mostrando a essência da marca, com uma linguagem e mensagem alinhada com o discurso que ela deseja mostrar em toda sua comunicação.

O consumidor enxerga neste espaço um local para conseguir se comunicar diretamente com a marca. Algo que é relativamente novo, já que antes todos os meios de comunicação vinham da marca para o cliente, uma mensagem unilateral sem direito de resposta. Com as redes sociais isso mudou, o consumidor tem voz, e consegue passar informações realmente úteis do que acha dos produtos, ofertas e da própria empresa e espera ter algum retorno sobre a sua opinião.

Obviamente, as empresas não precisam se abalar com todo e qualquer comentário negativo que recebem nas redes sociais. Porém uma análise constante desse feedback torna possível avaliar quais são os pontos fortes mais reconhecidos que a empresa deve manter e quais são as reclamações constantes que são necessárias aprimorar.

Com isso em mente, é possível criar um canal de comunicação saudável com o seu consumidor e explorar uma mídia com grande alcance entre o seu público.

Twitter
Instagram

Flickr

Henry Carroll na FAPCOM

Facebook