Cuidados no uso das redes sociais

31 de janeiro de 2014

redes-sociais

É notável a crescente presença das redes sociais em nossas relações pessoais e profissionais. O avanço das novas mídias trouxe ao mundo uma nova tendência nas comunicações, com redes online que unem pessoas ao redor do mundo e permitem que elas estabeleçam contato, exponham suas opiniões, seus gostos e suas vivências.

Seu enorme potencial de alcance, no entanto, sugere que o uso seja feito com grande cautela. E um dos principais campos que exigem cuidados é o âmbito profissional, onde qualquer exceção pode tornar-se maléfica para a carreira.

Informações sobre o emprego e opiniões sobre as atividades, funcionários, colegas de empresa e também chefes devem ser evitadas nas redes sociais, mesmo quando a pessoa está bloqueada em sua conta. Como trata-se de uma rede, muitas pessoas podem ser alcançadas em questão de segundos, fazendo com que assuntos indesejados sejam de conhecimento de todos.

Antes de exercer contratações, alguns recrutadores também buscam informações sobre o candidato justamente em redes sociais e blogs. Quem não estabelece os limites de privacidade a quem está conectado fica sujeito a expôr o seu conteúdo a todos – e ele vale-se disso para conhecer melhor sobre o candidato, suas preferências, posições sobre o mundo atual, etc.

Um caso recente sobre como expôr opiniões polêmicas podem trazer grandes prejuízos à carreira aconteceu com Justine Sacco, diretora de comunicação da InterActive Corp. Em seu Twitter, ela fez uma piada com as vítimas de Aids na África, mas a frase tomou grandes proporções e gerou diversas críticas na rede, chegando aos ouvidos de seus superiores, que a demitiram.

As novas mídias são uma tendência e evitá-las não é o melhor caminho. O primordial, no entanto, é fazer um uso consciente, que traga benefícios para a vida, tanto pessoal como profissional.

Twitter
Instagram

Flickr

Henry Carroll na FAPCOM

Facebook