Aluno FAPCOM conta experiência sobre visita monitorada à TV Cultura

7 de Maio de 2017

Por Jonathas Souza, aluno do de Multimídia


Foto: Beatriz Valente

Sabe aquela sensação de frio na barriga por estar entrando em um ambiente desconhecido que ao mesmo tempo fez parte da sua infância? Foi assim que muitos dos jovens dos cursos de Multimídia, Audiovisual e Rádio, TV e Internet da FAPCOM se sentiram visitando a TV Cultura no início de abril.

Ao entrar na emissora quase comecei a gravar um diário e, lógico, não poderia começar sem a famosa frase: “Alô? Esta é mais uma edição do diário de bordo de Lucas Silva & Silva, falando diretamente do Mundo da Lua, onde tudo pode acontecer…”.

Nostalgia definiu essa atividade. Poder olhar nos rostos dos meus colegas e ver que uma enxurrada de memórias estava inundando os seus pensamentos. Foi indescritível.

A imaginação estava tão fértil que eu achei que a excursão seria guiada pelo professor Tibúrcio, e vindo com o bordão de entrada: “Senta que lá vem a história”.

A magia da TV Cultura se encontra em transformar seus estúdios gelados, literalmente, em mundos tão fantasiosos e aconchegantes como Vila Sésamo, Cocoricó, Ilha Rá-Tim-Bum e Castelo Rá-Tim-Bum.

Acho que todos estavam esperando encontrar e poder entrar no Castelo Rá-Tim-Bum. Mas, da forma mais simples e prazerosa, encontramos uma réplica da árvore da Celeste e uma versão tamanho real do Mau.

Foto: Mariana Soares

Tivemos o privilégio de ver os primeiros fantoches usados nas gravações do Castelo Rá-Tim-Bum e Cocoricó. Uma maquete da fazenda dos avôs do Júlio. E claro, não podiam faltar pessoas cantarolando: “O Júlio na gaita e a bicharada no vocal, cantando um rock rural… Cocoricó!”.

Eu simplesmente me senti a Emily e o Alexander, podendo “viajar” de um lugar a outro naquele complexo. Poder sentir as vibrações boas do local. A receptividade dos funcionários. E a excitação de poder fazer parte da família TV Cultura.

Como futuros profissionais dos meios midiáticos, ter a oportunidade de conhecer o local onde a maioria dos programas nos ensinou e ensina virtudes boas na infância é uma experiência enriquecedora. Despertou em mim mais vontade de me aperfeiçoar como profissional para que um dia eu possa transmitir mensagens positivas à população.

Foto: Beatriz Valente

Veja outros detalhes da visita dos alunos da FAPCOM na TV Cultura, clicando aqui

Twitter
Instagram

Flickr

Henry Carroll na FAPCOM

Facebook