Aluno FAPCOM fala sobre planos futuros após fazer Iniciação Científica

18 de Fevereiro de 2017

Estudante do curso de Relações Públicas, Pedro Palauski, foi participante do Congresso Nacional de Iniciação Científica 2016


Como a FAPCOM contribuiu para sua iniciação científica?

Pedro: A FAPCOM incentiva muito os alunos na parte de produção científica, por meio dos professores e da infraestrutura proporcionada aos alunos. Assim, foi devido à FAPCOM que eu pude ter, primeiro, o embasamento teórico necessário para fomentar o tema do meu trabalho e, também, o apoio prestado por meio de incentivo à participação em congressos (ano passado o apresentei no CONIC) e posterior publicação do artigo.

Conte-nos um pouco mais sobre o seu projeto.

Pedro: O meu trabalho é um estudo teórico, fundamentado nas teorias do sociólogo polonês Zygmunt Bauman, com o intuito de analisar o discurso de inovação tecnológica da empresa Apple sob a perspectiva da liquidez e da obsolescência programada.

Você tem planos futuros para esse trabalho acadêmico?

Pedro: Sim, tenho! Acabei de finalizar o artigo e pretendo publicá-lo em alguma revista especializada em comunicação e também, quem sabe, apresentá-lo em algum outro congresso.

E para sua vida acadêmica?

Pedro: Esse trabalho despertou em mim a vontade de seguir na vida acadêmica futuramente. Pretendo iniciar como pós-graduação o mestrado, meu planejamento é continuar na mesma temática de pesquisa da minha iniciação científica, e posteriormente quero dar aulas para os cursos de comunicação social.

 

Twitter
Instagram

Flickr

Henry Carroll na FAPCOM

Facebook