10 curiosidades sobre o Sensacionalista, um jornal isento de verdade

22 de junho de 2016

Por Nathalia Durval (aluna de Jornalismo) e Fernanda Iarossi


 

sensacionalista-logo

Mesmo que não costume navegar pelo ciberespaço, certamente alguém na sua timeline já compartilhou algum conteúdo do Sensacionalista, site de humor com notícias fictícias, ou algum amigo comentou das piadas que realmente parecem notícias reais.

Criado em 2009 por um grupo de amigos, o “jornal isento de verdade” (a expressão aparece junto ao nome do endereço digital) tem feito sucesso e a brincadeira entre jornalistas e roteiristas que se juntaram para fazer humor com técnicas jornalísticas tem ficado séria.

Confira 10 curiosidades sobre o Sensacionalista (são verdades, ok?). Elas foram contadas por Leonardo Lanna, um dos redatores do site e que também é um dos autores-roteiristas do programa “Tá no Ar – A TV na TV”, da Rede Globo, em bate-papo organizado pelo Centro de Pesquisa e Formação do Sesc em São Paulo no final de maio.

1)      Reunião de pauta do jornal diariamente na sala de… Que nada: toda a discussão rola via whatsapp;

IMG_3832

2)      Como é um site de humor, a equipe já foi processada pelo deputado federal Marcos Feliciano e um papai noel de shopping;

3)      Os temas das matérias são inspirados no que rola na internet, via redes sociais, sites de notícias, na tv (sim, a tv ainda pauta!)…  E a inspiração para a criação do Sensacionalista, que foi o site americano The Onion que foi fundado em 1988 e que existem outros formatos de sites de notícias fictícias semelhantes ao redor do mundo, que fazem sucesso.

4)      E nas efemérides, datas comemorativas, como Dia dos Namorados;

5)      As “musas” – porque são alvo fácil da cobertura do jornal – são: cantora de axé depois da Ivete + jurada Claudia Leitte, “a maior musa fitness do Brasil” Gracyanne Barbosa, atriz + boa de briga nas redes sociais Luana Piovani;

sensa

6)      Vive colado no Twitter, já que o consideram o “close caption” da TV, especialmente em final de novela, reality show, grandes competições e eventos culturais;

7)      Usa e abusa do lide – o que, quem, quando, onde, como, por que (não necessariamente nesta ordem) – para montar as matérias e parecer um jornal de verdade;

8)      A piada tem que estar no título, ainda mais que atualmente quase 70% de acesso do site é via mobile;

9)      Já foi programa na TV, no canal Multishow (Jornal Sensacionalista), mas a experiência não deu tão certo quanto na internet. E estão investindo em um canal no Youtube (imperdíveis os vídeos da época da tv como Mulher comete crime para ser presa e Ladrão é roubado por ladrão;

10)   Vive orelhando o que falam na rua, no elevador, no trem, no busão… Porque a observação em todo trabalho jornalístico é essencial. Obs.: ninguém dos seis integrantes da equipe consegue viver do site (ele ainda não é uma empresa que dá grana) – o Sensacionalista ainda é um bico!

Ficou curioso para saber mais? Acesse o site do Sensacionalista, um jornal isento de verdade. Mas cuidado para não sair repetindo o que leu achando que é de verdade – o jornal é de piadas (por mais que pareçam reais e cabíveis com os momentos que estamos vivendo).

sensa3

Extras – mais sobre o processo criativo e a rotina da equipe do Sensacionalista:

Eles têm uma meta diária de piadas para publicar (para funcionar com conteúdo e deadlines como um jornal de verdade), que é de no mínimo uma piada por pessoa (ou seja, seis piadas). Dependendo do que está rolando no mundo, esse número pode ser bem maior (se for um assunto que está bombando, por exemplo).

Quando eles estão num dia sem muita inspiração ou que nada de interessante está acontecendo por aí (isso é possível!), eles procuram usar pautas de comportamento (no jornalismo, as pautas frias), que são garantia de risadas.

Em 2010, publicaram uma “notícia” sobre uma mulher que engravidou ao assistir a um filme pornô 3D) e vários portais e jornais pelo mundo, como o Gizmodo (maior site de tecnologia do mundo), reproduziram o fato como verdadeiro! Saiu até no Fantástico.

Twitter
Instagram

Flickr

Henry Carroll na FAPCOM

Facebook