Programa de Iniciação Científica

SÍNTESE DO EDITAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA – FAPCOM 2017/1

 

1.Para efetivação da inscrição, o aluno deverá entregar diretamente na Secretaria Acadêmica:

1) Carta de intenção contendo as razões de sua participação no programa.

2) Indicação da linha de prática investigativa e grupo de estudos, com seu respectivo orientador, conforme edital.

3) Termos de ciência das regras dispostas no edital.

4) 03 cópias impressas do Pré-projeto de pesquisa.

 

2. As linhas de práticas investigativas e seus grupos de estudos para o desenvolvimento das atividades de iniciação científica são:

Linha I – Comunicação, Cultura, Sociedade e Educação

1) Criatividade e Inovação na Comunicação – Dra. Cleusa Kazue Sakamoto – 03 VAGAS

Ementa: O Grupo de Estudo “Criatividade e Inovação na Comunicação” propõe organizar na FAPCOM a iniciativa e o esforço entre discentes e docentes interessados na ampliação e aprofundamento do estudo teórico e prático da Criatividade na Comunicação que promove a compreensão do processo comunicacional em suas bases criativas e consequentemente, favorece a emergência de modelos de pensamento e produtos de inovação (metodologias e tecnologias) na Comunicação Social.

2) Comunicação, consumo e marcas: aproximações na contemporaneidade – Profa. Ms. Fernanda Elouise Budag – 04 VAGAS

Ementa: De maneira abrangente, estamos interessados nos variados contornos que as relações comunicação/consumo ganham nos dias atuais na cultura, na sociedade e no cotidiano. Abrangemos reflexões sobre: discursos e narrativas de marca (branding e publicidade); recepção, narrativas ficcionais e identidade; comportamentos emergentes do consumidor hoje; e o diálogo desses eixos com a dimensão midiática e tecnológica.

3) Estudos de narrativas audiovisuais: história, crítica e produção –

Profa. Dra. Marcia Regina Carvalho da Silva – 03 VAGAS

Ementa: O grupo “Estudos de narrativas audiovisuais: história, crítica e produção” pretende desenvolver análises críticas de narrativas e práticas comunicacionais das linguagens audiovisuais em suas relações com a história, a filosofia, a educação e a cultura. As pesquisas deste grupo buscarão investigar os procedimentos de criação, roteiro e modos de produção de diversas mídias, tendo em vista a especificidade dos meios, linguagens, processos, representações, discursos, políticas, contextos históricos e sociais, gêneros, suportes e estéticas que as produzem. Abriga a reflexão sobre a produção em áudio e audiovisual (para cinema, vídeo, rádio, televisão e internet), atentando-se para seus aspectos narrativos e comunicacionais.

4) Discursos Midiáticos – Dr. Wagner Belmonte – 06 VAGAS. Profa. Ms. Fernanda Iarossi – 06 VAGAS.

Ementa: Proposta para formação do grupo de pesquisa na Faculdade Paulus de Tecnologia e Comunicação (FAPCOM) denominado de Discursos Midiáticos. O objetivo é analisar as narrativas jornalísticas, nos seus mais variados formatos (impresso, audiovisual, online) à luz da Análise do Discurso, focada em autores como Laclau e Mouffe (2015), Prado (2013), Charaudeau (2006), Fiorin (2008), Maingueneau (2005, 2016), Sarfati (2010), a fim de radiografar pistas para compreender o contexto sócio-histórico-cultural contemporâneo a partir do jornalismo. O estudo do discurso midiático sob um enfoque em que serão examinados os sentidos provenientes da estruturação do texto e os discursos de representação, tanto aqueles que circulam no lugar de produção quanto os que caracterizam o lugar das condições de recepção (CHARAUDEAU, 2010, p .28), contribui para discutir de maneira crítica a prática jornalística como um espaço social, de relevância no registro histórico da imprensa e da sociedade como um todo. Para uma reflexão sobre a imprensa em geral, a base será Fausto (2010), Sousa Santos (2015), Chomsky (2009) e Arbex Jr. (2005).

 

Linha II – Comunicação, Tecnologias, Ambiente Digital e Mídias

1) A comunicação de causas nas Relações Públicas comunitárias e organizações sociais – Prof. Ms. Fábio Munhoz – 05 VAGAS

Ementa: Reflexão sobre a comunicação de causas enquanto dimensão estratégica da prática de Relações Públicas em contextos comunitários e de organizações sociais, especialmente em um cenário onde as tecnologias digitais explicitam novas dinâmicas de articulação e mobilização.

2) Dilemas da mídia digital: da convergência à cultura do algoritmo e às dinâmicas em rede – Dr. Tarcísio de Sá Cardoso – 06 VAGAS

Ementa: O grupo Dilemas da mídia digital se propõe a realizar pesquisas relacionadas às controvérsias que emergem da interação entre as esferas do humano e da sociedade, de um lado, com as mídias digitais e as “tecnologias inteligentes” (LEVY, 2004), de outro. As tecnologias digitais têm levantado uma série de questões bastante desafiadoras para a comunicação e para a filosofia. Os indivíduos conectados por mídias digitais estão mais articulados ou mais isolados do mundo social à sua volta? A condição humana, no contexto das tecnologias digitais, sofre uma mudança essencial ou contingencial? As práticas colaborativas em rede promovem uma sociedade mais democrática e plural ou, ao contrário, promovem alienação e homogeneidade de ideias? Os dispositivos midiáticos como smartphones, ao promoverem facilidades à palma da mão, trazem também um impacto negativo para as relações sociais? Os algoritmos que interpretam as ações humanas ampliam suas possibilidades ou acabam necessariamente por limitá-las? Tais interpretações de dados por sistemas artificiais podem ser consideradas indícios de práticas sociotécnicas cujo cerne da agência está para além dos atores humanos? Para todas estas questões, parece possível desenvolver linhas argumentativas que justifiquem respostas bastante díspares umas das outras, e por vezes contraditórias. Tendo em vista contribuir para o amadurecimento dos debates implicados pelas mídias digitais, tão emblemáticos para as questões contemporâneas da filosofia e da comunicação, as propostas de investigação deste grupo se concentrarão na leitura crítica de textos recentes relacionados tanto aos dispositivos quanto às práticas midiáticas digitais.

 

Linha III – Comunicação, Filosofia, Ética e Religião

1) Corpo, sexualidades e mídias: perspectivas éticas e filosóficas – Prof. Dr. Thiago Calçado – 03 VAGAS

Ementa: O grupo buscará estabelecer uma investigação das relações de poder exercidas sobre o corpo e a sexualidade presentes nos meios de comunicação social, bem como as estratégias de empoderamento propostas pelos teóricos políticos à luz da filosofia.  O grupo estudará em pensadores como E. Lévinas, Michel Foucault e Judith Butler temas diversos ligados à sexualidade, tais como: humanização, gênero, homossexualidades, teorias queer, entre outras, num esforço de contraposição crítica à objetificação e assujeitamento dos indivíduos realizados em vários setores da comunicação social.

2) Estética, Linguagens e Tecnologias aplicadas à Educação – Prof. Ms. Tiago Casado – 02 VAGAS

Ementa: A proposta de criação deste grupo consiste em abordar fundamentos estéticos e suas interconexões com a Educação em Ciências Humanas, com foco nas experiências com múltiplas linguagens, em especial das novas tecnologias (TICs), compreendendo-as como recurso para a criação/produção de conteúdos educativos. O trabalho consistirá em duas linhas teórico-metodológicas: a primeira de abordagem de fundamentos estéticos da contemporaneidade pensados em conexão com as tecnologias, sobretudo na Comunicação, tendo em vista as possibilidades de exploração de seu potencial formativo, principalmente como conteúdo crítico e reflexivo. A segunda linha tem como objetivo o desenvolvimento de projetos híbridos, com ênfase em experiência estética, seja em sua dimensão poética, poética ou política, estimulando práticas com vistas a produção de conteúdos no ambiente formativo, escolar e não escolar.

3) GEPPSAL – Grupo de Estudos e Práxis em Política, Sustentabilidade, Alteridade, Filosofia, Comunicação e Tecnologia – Prof. Ms. Hugo Allan Matos – 06 VAGAS

Ementa: O grupo tem por objetivo estudos bibliográficos para mapear, divulgar e criar conteúdo, práticas e tecnologias nas áreas de Filosofia, Comunicação e Tecnologia em perspectiva de sustentabilidade e de alteridade.

4) O homem no universo comunicacional: a alma e as visões de mundo – Ms. Giovanni Vella – 06 VAGAS

Ementa: Raízes gregas e atualidade das metáforas originarias de corpo e alma: “Onde estamos quando pensamos? ” Justiça, beleza e prazer: valores e princípios da existência em tempos de redes sociais. Arte e estética no universo digital: as raízes antropológicas das emoções. Jornalismo, publicidade e relações públicas: ética e visões de mundo. Da amizade virtual à comunidade política: rumo um novo humanismo? Psicologia e religião: pensar a transcendência a partir do humano

O pré-projeto de pesquisa deverá ser entregue na Secretaria Acadêmica, contendo os seguintes itens:

  1. Linha de prática investigativa e grupo de estudo.
  2. Introdução: apresentação do tema.
  3. Justificativa
  4. Objetivos: objetivo geral e objetivos específicos.
  5. Problema de pesquisa.
  6. Hipótese.
  7. Fundamentação teórica.
  8. Referência bibliográfica inicial.
  9. Cronograma inicial.

 

Cronograma

 Divulgação do Edital  10 de novembro de 2016
 Inscrições e entrega dos pré-projetos  Até 03 de março de 2017
Divulgação dos resultados  10 de março de 2017
 Início das Orientações  11 de março de 2017

 


O Edital completo está disponível neste link.


 

Profa. Dra. Márcia Carvalho 

nucleo.pesquisa@fapcom.edu.br