Programa de Iniciação Científica

 

SÍNTESE DO EDITAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA – FAPCOM 2018/2

 

1 – Para efetivação da inscrição, o aluno deverá entregar diretamente na Secretaria Acadêmica:

 

1) Carta de intenção contendo as razões de sua participação no programa.

2) Indicação da linha de prática investigativa e grupo de estudos, com seu respectivo orientador, conforme edital.

3) 03 cópias impressas do Pré-projeto de pesquisa.

 


2 – As linhas de pesquisa e seus grupos de estudos para o desenvolvimento das atividades de iniciação científica são:

 

Linha institucional I – Comunicação, Cultura, Sociedade e Educação

 

Grupos de estudos vinculados a linha institucional I:

 

Criatividade e Inovação na Comunicação

Profa. Dra. Cleusa Kazue Sakamoto – 06 VAGAS

Ementa: O Grupo de Estudo “Criatividade e Inovação na Comunicação” propõe organizar na FAPCOM a iniciativa e o esforço entre discentes e docentes interessados na ampliação e aprofundamento do estudo teórico e prático da Criatividade na Comunicação que promove a compreensão do processo comunicacional em suas bases criativas e consequentemente, favorece a emergência de modelos de pensamento e produtos de inovação (metodologias e tecnologias) na Comunicação Social.

 

Comunicação, consumo e marcas: aproximações na contemporaneidade

Profa. Dra. Fernanda Elouise Budag – 03 VAGAS

Ementa: De maneira abrangente, estamos interessados nos variados contornos que as relações comunicação/consumo ganham nos dias atuais na cultura, na sociedade e no cotidiano. Abrangemos reflexões sobre: discursos e narrativas de marca (branding e publicidade); recepção, narrativas ficcionais e identidade; comportamentos emergentes do consumidor hoje; e o diálogo desses eixos com a dimensão midiática e tecnológica.

 

Discursos Midiáticos

Prof. Dr. Wagner Barge Belmonte e Profa. Ma. Fernanda Iarossi – 05 VAGAS

Ementa: Proposta para formação do grupo de pesquisa na Faculdade Paulus de Tecnologia e Comunicação (FAPCOM) denominado de Discursos Midiáticos. O objetivo é analisar as narrativas jornalísticas, nos seus mais variados formatos (impresso, audiovisual, online) à luz da Análise do Discurso, focada em autores como Laclau e Mouffe (2015), Prado (2013), Charaudeau (2006), Fiorin (2008), Maingueneau (2005, 2016), Sarfati (2010), a fim de radiografar pistas para compreender o contexto sócio-histórico-cultural contemporâneo a partir do jornalismo. O estudo do discurso midiático sob um enfoque em que serão examinados os sentidos provenientes da estruturação do texto e os discursos de representação, tanto aqueles que circulam no lugar de produção quanto os que caracterizam o lugar das condições de recepção (CHARAUDEAU, 2010, p .28), contribui para discutir de maneira crítica a prática jornalística como um espaço social, de relevância no registro histórico da imprensa e da sociedade como um todo. Para uma reflexão sobre a imprensa em geral, a base será Fausto (2010), Sousa Santos (2015), Chomsky (2009) e Arbex Jr. (2005).

 

Comunicação, Cultura e Identidade: Questões de Etnia, Raça e Gênero em processos comunicativos na contemporaneidade

Prof. Dr. João Elias Nery – 06 VAGAS

Prof. Me. Marcus Vinicius de Jesus Bonfim – 05 VAGAS

Prof. Me. Renato Candido Lima – 05 VAGAS

Ementa: O Grupo de Estudo “Comunicação, Cultura e Identidade: Questões de Etnia, Raça e Gênero em processos comunicativos na contemporaneidade” busca construir um campo de pesquisa que dialogue com as áreas das Relações Públicas, Jornalismo, RTVI e Produção Audiovisual, tendo comunicação, cultura e identidade como referenciais gerais, as questões de etnia, raça e gênero como parte de suas preocupações. Narrativas e memórias inseridas em mensagens desenvolvidas nas áreas citadas compõem o corpus da pesquisa a partir do qual docentes e discentes direcionarão seu trabalho buscando compreender o lugar de fala desses segmentos sociais.

 

Análise da cobertura do cinema Latino-Americano no caderno de cultura do Jornal O Estado de S. Paulo

Prof. Dr. Alexandre Barbosa– 06 VAGAS

Ementa: O grupo de estudos tem por objetivo verificar quais os critérios de seleção e construção das notícias que envolvem a produção cinematográfica latino-americana nas seleções de cultura do jornal O Estados de S. Paulo durante o biênio 2017-2018. O objetivo é verificar se a cobertura ainda está pautada na presença das obras latino-americanas nos eventos relacionados à indústria cultural, ou seja, se a obra tem relevância quantitativa e qualitativa na imprensa brasileira.

 

RP nas Interfaces      

Profa. Ma. Neide Maria de Arruda – 06 VAGAS

Ementa: Este projeto de iniciação científica visa estudar os conceitos de Comunicação das relações públicas nas interfaces com primeiro, segundo e terceiro setores e sua importância no mercado de trabalho, conhecer cada tipo de Comunicação e seus compostos em cada espera, seus stakeholders, seus canais de relacionamentos. Observar como se constrói imagem, reputação e identidade nas esferas. No que diz respeito às ferramentas de comunicação, identificar quando elas são usadas, entendendo como funciona o fator de Governança, abrangendo ética, transparência e sustentabilidade. Identificar o perfil do comunicador do século XXI, fazendo uso das teorias, dos conceitos e das ferramentas de Relações Públicas.

 

Linha institucional II – Comunicação, Tecnologias, Ambiente Digital e Mídias

 

Grupos de estudos vinculados a linha institucional II:

 

Comunicação de causas em organizações sociais e em contextos comunitários

Prof. Me. Fábio Alessandro Munhoz – 05 VAGAS

Ementa: A presente proposta de grupo é uma atualização das reflexões sobre a comunicação de causas enquanto dimensão estratégica não ficando restrito somente à área das Relações Públicas, mas para alunos que desejam pesquisar sobre a comunicação em contextos comunitários e de organizações sociais, especialmente em um cenário onde as tecnologias digitais explicitam novas dinâmicas de articulação e mobilização. O grupo propõe a produção de projetos experimentais de comunicação e causas a fim de buscar um espaço de reflexão e construção de conhecimento sobre comunicação em contextos comunitários.

 

Infotenimento, kitsch e endereçamento: diálogo informal, humor velado e hibridismo genérico em programas telejornalísticos e talkshows brasileiros

Prof. Me. Bruno César dos Santos – 04 VAGAS

Ementa: O Grupo de pesquisa tem o interesse em descrever as estratégias de conversação e construção de sentidos em telejornalísticos e talkshows brasileiros, exibidos em emissoras abertas e fechadas de televisão, bem como canais de pessoas ou grupos em plataformas de vídeos e conteúdos audiovisuais. Para tal, serão observados programas e materiais que apresentem dialogo informal, humor velado e coloquialismo em sua estrutura funcional. Neste sentido, o pano de fundo reside numa nova proposta de produção audiovisual, que mescla características de diferentes gêneros discursivos e televisivos, como o telejornalismo e o humor. Desta forma, a proposta de pesquisa docente reside na coleta e seleção de episódios dos seguintes programas, exibidos durante 2016 e 2017: The Noite (SBT), Bolívia Talk Show (Youtube), Programa do Porchat (Record), Arte do Encontro (Canal Brasil), Heavy Lero (Youtube), Lady Night (Multishow) e Conversa com Bial (Globo), Café Filosófico (CPFL/TV Cultura) entre outros. Por sua vez, os projetos de pesquisa discente estarão inseridos no espectro de pesquisa citados ou em áreas correlatas, como Telejornalismo, Youtube (Conteúdo e Talking Show), Produção de dados em Infotenimento.

 

Revista Poesia

Prof. Dr. Daniel Amadei Gonçalves Barbiellini – 06 VAGAS

Profa. Ma. Patrícia Beatriz Souza Campinas Pena – 06 VAGAS

Profa. Ma. Michela Brígida Rodrigues – 06 VAGAS.

Ementa: O projeto visa a concepção e estudo das técnicas e linguagens visuais como o vídeo, fotografia e ilustrações como conteúdos para uma revista de arte multimídia (a priori digital e a posteriore impressa). Diante de um contexto cultural em que predominam influências e estudos sobre artistas de outros países, a Revista Foto-Estesia será de grande relevância ao apresentar práticas e reflexões sobre a produção fotográfica e videográfica brasileira e latino-americana. Ao problematizar as poéticas artísticas oriundas do campo da fotografia, do vídeo e das linguagens híbridas, assim como sua exposição em revistas voltadas ao segmento artístico, pretende-se desenvolver novos constructos processuais e conceituais. Com esta base solidificada, almeja-se abarcar o processo de produção de uma revista, desde de seu início (pauta, estrutura, segmentação das sessões, projeto gráfico, etc.) até sua finalização (apresentação por intermédio do site ISSUU e posterior impressão). Em uma segunda etapa, o projeto definirá engajamento do público e exposição dos conteúdos com um ecossistema online – o que inclui publicações semanais em redes sociais e plataformas digitais.

 

Arestas: Ambiências digitais e interativas de audiência e consumo

Prof. Me. Wesley Moreira Pinheiro – 06 VAGAS

Ementa: O grupo “Arestas: Ambiências Digitais e Interativas de Audiência e Consumo” tem como objetivo principal desenvolver estudos exploratórios no campo da comunicação, terreno em que as mídias sociais, tecnologia digital e a interatividade propiciam ambientes variados de consumo, seja sob a ótica do marketing ou por meio de demandas socioculturais. Nossos estudos focarão em três grandes objetos de pesquisa: meios digitais interativos; influenciadores de consumo e formadores de opinião e; estratégias de comunicação e marketing digital. Interessa-nos, então, o desenvolvimento de pesquisas sobre comportamento do consumidor, gestão de marcas, mensuração de audiência em mídias sociais, influenciadores digitais, informação e conteúdo em rede, business intelligence, análise de redes sociais e, netativismos.

 

Mídia, linguagem e sociabilidade na era da comunicação digital

Profa. Ma. Marcella Schneider Faria Santos – 06 VAGAS

Ementa: A mídia foi reconhecida como agente social desde seu incremento a partir da segunda metade do século XX, seja a partir da perspectiva da Escola Crítica, dos Estudos Culturais ou pela Teoria dos meios. Tal situação social midiático tecnológica ganha novos contornos a partir da emergência das tecnologias digitais de comunicação, que suportam um novo ambiente que permite conexões sociais em múltiplos espaços e tempos. Partindo deste contexto, este grupo de estudos tem como objetivo pesquisar a qualidade das relações e ações sociais experenciadas nesse ambiente de conexão constante. A partir da revisão de literatura de textos clássicos que compõem o campo da sociologia da comunicação (Breton & Proulx, 2013; Maigret, 2010; entre outros), das teorias da comunicação (Adorno e Horkheimer, 2006; McLuhan, 2004; Baudrillard, 1973; Debord, 2017; Perniola, 2005; Mafesolli, 2002); e da semiótica (Peirce, 2017; Santaella & Nörth, 2017), serão constituídos fundamentos teóricos para que novas elaborações possam ser compreendidas no campo das mídias e comunicação digitais, da ecologia (Di Felice, 2017; Santaella, 2010) da comunicação e do net-ativismo (Di Felice, 2017).

 

Linha institucional III – Comunicação, Filosofia, Ética e Religião

 

Grupos de estudos vinculados a linha institucional III:

 

Filosofia da tecnologia, ambiente e Sociedade

Prof. Dr. Carlos Eduardo Souza Aguiar – 01 VAGA

Ementa: A relação entre tecnologia, ambiente e sociedade desponta como um dos grandes desafios éticos do século XXI. Nesse sentido, o objetivo do grupo de estudos e pesquisa é refletir acerca da tecnologia e dos seus temas filosóficos próprios a fim de compreender aspectos fundamentais do mundo contemporâneo.

 

Metafísica contemporânea e tradição filosófica

Prof. Dr. Pedro Monticelli – 06 VAGA

Ementa: Trata-se de pesquisar a relação de duas das mais relevantes obras da filosofia contemporânea de Martin Heidegger e Ludwig Wittgenstein com suas fontes histórico-sistemáticas antigas e medievais. Essas duas obras, a saber, o Tractatus logico-philosophicus, de Wittgenstein, e o opúsculo sobre a essência da verdade, de Heidegger, contém discussões (clássicas e atuais) metafísicas, lógicas, filosófico-linguísticas e gnosiológicas.

 

Cultura e questões estético-éticas na Filosofia e na Comunicação

Prof. Ms. Tiago Casado – 01 VAGA

Ementa: Estudos e pesquisas de questões estético-éticas suscitadas a partir da crítica da cultura (tais como se apresentam nas formulações de Nietzsche e pelos frankfurtianos) em termos de construção e desconstrução de valores e como estas afetam o sujeito e o campo da experiência como potência criativa. Propõe-se, como base teórica do estudo, textos de Nietzsche (O Nascimento da Tragédia; Genealogia da Moral; Verdade mentira no sentido extra-moral), Theodor Adorno (Teoria da Semicultura, Dialética Negativa, Teoria Estética) e Dardot e Laval (A nova razão do mundo).

 

Filosofia do Presente: discurso, poder, corpo, mídia e sexualidade

Prof. Me. Luiz de Camargo Pires Neto – 6 VAGAS

Ementa: Partindo das concepções, engendradas pelo filósofo francês Michel Foucault (1926 – 1984), de “filosofia como diagnóstico do presente” (FOUCAULT, “Qui êtes-vous, professeur Foucault?”, In. DE1, p. 634) e de “filosofia como jornalismo radical” (FOUCAULT, “Le monde est un grand asile”, In. DE2, p. 434), este grupo de estudos pretende refletir questões existentes em nossa contemporaneidade à luz do pensamento desenvolvido no decorrer da história da filosofia. Descrever a atualidade, refletir sobre ela e desconfiar do que parece ser evidente são os principais objetivos aqui propostos. Os textos filosóficos são considerados – assim como propõe Foucault – “pequenas caixas de ferramentas” (FOUCAULT, “Gerir os ilegalismos”, p. 52) das quais podemos nos servir para “produzir um curto-circuito” no âmbito do pensamento. As temáticas abordadas surgem da curiosidade, do incômodo e do desejo dos pesquisadores. Discurso, poder, mídia, corpo e sexualidade, são conceitos que, de certa forma, balizam o campo a ser investigado.

 


Cronograma

Divulgação do Edital 07 de maio de 2017
Inscrições (na Secretaria acadêmica) Até 25 de junho 2018
Divulgação dos resultados 03 de agosto de 2018
Início das Orientações   06 de agosto de 2018

   


Confira o edital:

Edital nº 07/2018 – do Processo Seletivo de Iniciação Científica, Tecnológica, Experimental, Artística e Cultural da faculdade Paulus de tecnologia e Comunicação – FAPCOM – 2º semestre letivo de 2018.   Profa. Ms. Alessandra Barros Marassi nucleo.pesquisa@fapcom.edu.br