Programa de Iniciação Científica

 

Inscreva-se

 

 

 

 

SÍNTESE DO EDITAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA – FAPCOM 2019/1

 

1 – Para efetivação da inscrição, o aluno deverá entregar diretamente na Secretaria Acadêmica:

 

1) Carta de intenção contendo as razões de sua participação no programa.

2) Indicação da linha de prática investigativa e grupo de estudos, com seu respectivo orientador, conforme edital.

3) 03 cópias impressas do Pré-projeto de pesquisa.

 


2 – As linhas de pesquisa e seus grupos de estudos para o desenvolvimento das atividades de iniciação científica são:

 

Linha institucional I – Comunicação, Cultura, Sociedade e Educação

 

Grupos de estudos vinculados a linha institucional I:

 

Criatividade e Inovação na Comunicação

Profa. Dra. Cleusa Kazue Sakamoto – 06 VAGAS

Ementa: O Grupo de Estudo “Criatividade e Inovação na Comunicação” propõe organizar na FAPCOM a iniciativa e o esforço entre discentes e docentes interessados na ampliação e aprofundamento do estudo teórico e prático da Criatividade na Comunicação que promove a compreensão do processo comunicacional em suas bases criativas e consequentemente, favorece a emergência de modelos de pensamento e produtos de inovação (metodologias e tecnologias) na Comunicação Social.

 

Comunicação, consumo e marcas: aproximações na contemporaneidade

Profa. Dra. Fernanda Elouise Budag – 03 VAGAS

Ementa: De maneira abrangente, estamos interessados nos variados contornos que as relações comunicação/consumo ganham nos dias atuais na cultura, na sociedade e no cotidiano. Abrangemos reflexões sobre: discursos e narrativas de marca (branding e publicidade); recepção, narrativas ficcionais e identidade; comportamentos emergentes do consumidor hoje; e o diálogo desses eixos com a dimensão midiática e tecnológica.

 

Discursos Midiáticos

Prof. Dr. Wagner Barge Belmonte e Profa. Me. Fernanda Iarossi – 05 VAGAS

Ementa: Proposta para formação do grupo de pesquisa na Faculdade Paulus de Tecnologia e Comunicação (FAPCOM) denominado de Discursos Midiáticos. O objetivo é analisar as narrativas jornalísticas, nos seus mais variados formatos (impresso, audiovisual, online) à luz da Análise do Discurso, focada em autores como Laclau e Mouffe (2015), Prado (2013), Charaudeau (2006), Fiorin (2008), Maingueneau (2005, 2016), Sarfati (2010), a fim de radiografar pistas para compreender o contexto sócio-histórico-cultural contemporâneo a partir do jornalismo. O estudo do discurso midiático sob um enfoque em que serão examinados os sentidos provenientes da estruturação do texto e os discursos de representação, tanto aqueles que circulam no lugar de produção quanto os que caracterizam o lugar das condições de recepção (CHARAUDEAU, 2010, p .28), contribui para discutir de maneira crítica a prática jornalística como um espaço social, de relevância no registro histórico da imprensa e da sociedade como um todo. Para uma reflexão sobre a imprensa em geral, a base será Fausto (2010), Sousa Santos (2015), Chomsky (2009) e Arbex Jr. (2005).

 

Comunicação, Cultura e Identidade: Questões de Etnia, Raça e Gênero em processos comunicativos na contemporaneidade

Prof. Dr. João Elias Nery – 06 VAGAS

Prof. Me. Marcus Vinicius de Jesus Bonfim – 05 VAGAS

Prof. Me. Renato Candido Lima – 05 VAGAS

Ementa: O Grupo de Estudo “Comunicação, Cultura e Identidade: Questões de Etnia, Raça e Gênero em processos comunicativos na contemporaneidade” busca construir um campo de pesquisa que dialogue com as áreas das Relações Públicas, Jornalismo, RTVI e Produção Audiovisual, tendo comunicação, cultura e identidade como referenciais gerais, as questões de etnia, raça e gênero como parte de suas preocupações. Narrativas e memórias inseridas em mensagens desenvolvidas nas áreas citadas compõem o corpus da pesquisa a partir do qual docentes e discentes direcionarão seu trabalho buscando compreender o lugar de fala desses segmentos sociais.

 

Análise da cobertura do cinema Latino-Americano no caderno de cultura do Jornal O Estado de S. Paulo

Prof. Dr. Alexandre Barbosa– 06 VAGAS

Ementa: O grupo de estudos tem por objetivo verificar quais os critérios de seleção e construção das notícias que envolvem a produção cinematográfica latino-americana nas seleções de cultura do jornal O Estados de S. Paulo durante o biênio 2017-2018. O objetivo é verificar se a cobertura ainda está pautada na presença das obras latino-americanas nos eventos relacionados à indústria cultural, ou seja, se a obra tem relevância quantitativa e qualitativa na imprensa brasileira.

 

Linha institucional II – Comunicação, Tecnologias, Ambiente Digital e Mídias

 

Grupos de estudos vinculados a linha institucional II:

 

Comunicação de causas em organizações sociais e em contextos comunitários

Prof. Me. Fábio Alessandro Munhoz – 05 VAGAS

Ementa: A presente proposta de grupo é uma atualização das reflexões sobre a comunicação de causas enquanto dimensão estratégica não ficando restrito somente à área das Relações Públicas, mas para alunos que desejam pesquisar sobre a comunicação em contextos comunitários e de organizações sociais, especialmente em um cenário onde as tecnologias digitais explicitam novas dinâmicas de articulação e mobilização. O grupo propõe a produção de projetos experimentais de comunicação e causas a fim de buscar um espaço de reflexão e construção de conhecimento sobre comunicação em contextos comunitários.

 

Infotenimento, kitsch e endereçamento: diálogo informal, humor velado e hibridismo genérico em programas telejornalísticos e talkshows brasileiros

Prof. Me. Bruno César dos Santos – 04 VAGAS

Ementa: O Grupo de pesquisa tem o interesse em descrever as estratégias de conversação e construção de sentidos em telejornalísticos e talkshows brasileiros, exibidos em emissoras abertas e fechadas de televisão, bem como canais de pessoas ou grupos em plataformas de vídeos e conteúdos audiovisuais. Para tal, serão observados programas e materiais que apresentem dialogo informal, humor velado e coloquialismo em sua estrutura funcional. Neste sentido, o pano de fundo reside numa nova proposta de produção audiovisual, que mescla características de diferentes gêneros discursivos e televisivos, como o telejornalismo e o humor. Desta forma, a proposta de pesquisa docente reside na coleta e seleção de episódios dos seguintes programas, exibidos durante 2016 e 2017: The Noite (SBT), Bolívia Talk Show (Youtube), Programa do Porchat (Record), Arte do Encontro (Canal Brasil), Heavy Lero (Youtube), Lady Night (Multishow) e Conversa com Bial (Globo), Café Filosófico (CPFL/TV Cultura) entre outros. Por sua vez, os projetos de pesquisa discente estarão inseridos no espectro de pesquisa citados ou em áreas correlatas, como Telejornalismo, Youtube (Conteúdo e Talking Show), Produção de dados em Infotenimento.

 

Revista Poesia

Prof. Dr. Daniel Amadei Gonçalves Barbiellini – 06 VAGAS

Profa. Me. Patrícia Beatriz Souza Campinas Pena – 06 VAGAS

Profa. Me. Michela Brígida Rodrigues – 06 VAGAS.

Ementa: O projeto visa a concepção e estudo das técnicas e linguagens visuais como o vídeo, fotografia e ilustrações como conteúdos para uma revista de arte multimídia (a priori digital e a posteriore impressa). Diante de um contexto cultural em que predominam influências e estudos sobre artistas de outros países, a Revista Foto-Estesia será de grande relevância ao apresentar práticas e reflexões sobre a produção fotográfica e videográfica brasileira e latino-americana. Ao problematizar as poéticas artísticas oriundas do campo da fotografia, do vídeo e das linguagens híbridas, assim como sua exposição em revistas voltadas ao segmento artístico, pretende-se desenvolver novos constructos processuais e conceituais. Com esta base solidificada, almeja-se abarcar o processo de produção de uma revista, desde de seu início (pauta, estrutura, segmentação das sessões, projeto gráfico, etc.) até sua finalização (apresentação por intermédio do site ISSUU e posterior impressão). Em uma segunda etapa, o projeto definirá engajamento do público e exposição dos conteúdos com um ecossistema online – o que inclui publicações semanais em redes sociais e plataformas digitais.

 

Arestas: Ambiências digitais e interativas de audiência e consumo

Prof. Me. Wesley Moreira Pinheiro – 06 VAGAS

Ementa: O grupo “Arestas: Ambiências Digitais e Interativas de Audiência e Consumo” tem como objetivo principal desenvolver estudos exploratórios no campo da comunicação, terreno em que as mídias sociais, tecnologia digital e a interatividade propiciam ambientes variados de consumo, seja sob a ótica do marketing ou por meio de demandas socioculturais. Nossos estudos focarão em três grandes objetos de pesquisa: meios digitais interativos; influenciadores de consumo e formadores de opinião e; estratégias de comunicação e marketing digital.  Interessa-nos, então, o desenvolvimento de pesquisas sobre comportamento do consumidor, gestão de marcas, mensuração de audiência em mídias sociais, influenciadores digitais, informação e conteúdo em rede, business intelligence, análise de redes sociais e, netativismos.

 

Mídia, linguagem e sociabilidade na era da comunicação digital

Profa. Ma. Marcella Schneider Faria Santos – 06 VAGAS

Ementa: A mídia foi reconhecida como agente social desde seu incremento a partir da segunda metade do século XX, seja a partir da perspectiva da Escola Crítica, dos Estudos Culturais ou pela Teoria dos meios. Tal situação social midiático tecnológica ganha novos contornos a partir da emergência das tecnologias digitais de comunicação, que suportam um novo ambiente que permite conexões sociais em múltiplos espaços e tempos. Partindo deste contexto, este grupo de estudos tem como objetivo pesquisar a qualidade das relações e ações sociais experenciadas nesse ambiente de conexão constante. A partir da revisão de literatura de textos clássicos que compõem o campo da sociologia da comunicação (Breton & Proulx, 2013; Maigret, 2010; entre outros), das teorias da comunicação (Adorno e Horkheimer, 2006; McLuhan, 2004; Baudrillard, 1973; Debord, 2017; Perniola, 2005; Mafesolli, 2002); e da semiótica (Peirce, 2017; Santaella & Nörth, 2017), serão constituídos fundamentos teóricos para que novas elaborações possam ser compreendidas no campo das mídias e comunicação digitais, da ecologia (Di Felice, 2017; Santaella, 2010) da comunicação e do net-ativismo (Di Felice, 2017).

 

 

Linha institucional III – Comunicação, Filosofia, Ética e Religião

 

Grupos de estudos vinculados a linha institucional III:

 

Filosofia da tecnologia, ambiente e Sociedade

Prof. Dr. Carlos Eduardo Souza Aguiar – 01 VAGA

Ementa: A relação entre tecnologia, ambiente e sociedade desponta como um dos grandes desafios éticos do século XXI. Nesse sentido, o objetivo do grupo de estudos e pesquisa é refletir acerca da tecnologia e dos seus temas filosóficos próprios a fim de compreender aspectos fundamentais do mundo contemporâneo.

 

Metafísica contemporânea e tradição filosófica

Prof. Dr. Pedro Monticelli – 06 VAGAS

Ementa: Trata-se de pesquisar a relação de duas das mais relevantes obras da filosofia contemporânea de Martin Heidegger e Ludwig Wittgenstein com suas fontes histórico-sistemáticas antigas e medievais. Essas duas obras, a saber, o Tractatus logico-philosophicus, de Wittgenstein, e o opúsculo sobre a essência da verdade, de Heidegger, contém discussões (clássicas e atuais) metafísicas, lógicas, filosófico-linguísticas e gnosiológicas.

 

Cultura e questões estético-éticas na Filosofia e na Comunicação

Prof. Dr. Tiago Casado – 01 VAGA

Ementa: Estudos e pesquisas de questões estético-éticas suscitadas a partir da crítica da cultura (tais como se apresentam nas formulações de Nietzsche e pelos frankfurtianos) em termos de construção e desconstrução de valores e como estas afetam o sujeito e o campo da experiência como potência criativa. Propõe-se, como base teórica do estudo, textos de Nietzsche (O Nascimento da Tragédia; Genealogia da Moral; Verdade mentira no sentido extra-moral), Theodor Adorno (Teoria da Semicultura, Dialética Negativa, Teoria Estética) e Dardot e Laval (A nova razão do mundo).

 

Filosofia do Presente: discurso, poder, corpo, mídia e sexualidade

Prof. Me. Luiz de Camargo Pires Neto – 6 VAGAS

Ementa: Partindo das concepções, engendradas pelo filósofo francês Michel Foucault (1926 – 1984), de “filosofia como diagnóstico do presente” (FOUCAULT, “Qui êtes-vous, professeur Foucault?”, In. DE1, p. 634) e de “filosofia como jornalismo radical” (FOUCAULT, “Le monde est un grand asile”, In. DE2, p. 434), este grupo de estudos pretende refletir questões existentes em nossa contemporaneidade à luz do pensamento desenvolvido no decorrer da história da filosofia. Descrever a atualidade, refletir sobre ela e desconfiar do que parece ser evidente são os principais objetivos aqui propostos. Os textos filosóficos são considerados – assim como propõe Foucault – “pequenas caixas de ferramentas” (FOUCAULT, “Gerir os ilegalismos”, p. 52) das quais podemos nos servir para “produzir um curto-circuito” no âmbito do pensamento. As temáticas abordadas surgem da curiosidade, do incômodo e do desejo dos pesquisadores. Discurso, poder, mídia, corpo e sexualidade, são conceitos que, de certa forma, balizam o campo a ser investigado.

 

O homem no universo comunicacional: a alma e as visões de mundo

Prof. Me. Giovanni Vella – 06 VAGAS

Ementa:Raízes gregas e atualidade das metáforas originarias de corpo e alma: “Onde estamos quando pensamos? ” Justiça, beleza e prazer: valores e princípios da existência em tempos de redes sociais. Arte e estética no universo digital: as raízes antropológicas das emoções.  Jornalismo, publicidade e relações públicas: ética e visões de mundo. Da amizade virtual à comunidade política: rumo um novo humanismo? Psicologia e religião:  pensar a transcendência a partir do humano.

 


Cronograma

Inscrições (na Secretaria acadêmica) De 29 de outubro a 03 de dezembro de 2018
Divulgação dos resultados 07 de dezembro de 2018
Início das Orientações   04 de março de 2019

   


Confira os editais:

Edital nº 18/2018 – do Processo Seletivo de Iniciação Científica, Tecnológica, Artística e Cultural da Faculdade Paulus de Tecnologia e Comunicação – FAPCOM do 1º Semestre Letivo de 2019.

 

Edital nº 19/2018 – do Processo Seletivo dos Projetos de Professores para Orientação de Iniciação Científica, Tecnológica, Experimental, Artística e Cultural para funcionamento no primeiro semestre de 2019.

Profa. Ms. Alessandra Barros Marassi nucleo.pesquisa@fapcom.edu.br